quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Isto dói...e dói.

Roubalheira do PSD/CDS e Motorola no CIRESP (Comissão Interministerial da Reforma do Sector Público)
Quando se fala no CIRESP está a falar-se na empresa americana MOTOROLA que instalou toda a tecnologia e é praticamente dona do CIRESP e que falhou desde o início quando da Cimeira da Nato, da visita do Papa Bento XVI e de muitos fogos.
Quando o governo do PSD fez a parceria público privada, entraram no capital do CIRESP 33% de empresa cavaquista Galilei do falido BPN, 30,55% da PT, 14,9% da Motorola, 12% da Esegur e 9,55% da Datacomp, o representante da Motorola.
O governo de Passos, o Coelho, e Paulo, o Portas, nunca multaram as empresas referidas pelas falhas do sistema como estava previsto nos contratos e implicavam muito milhões a entrar nos cofres do Estado e implicariam a substituição técnica do sistema pela Motorola sem custos para o Estado.(continuar)

domingo, 16 de julho de 2017

Recado ao Pedro...e amigos.

Recado ao Pedro:
Eu vou-te avivar a memória, já que não te lembras daquilo que fizeste quando eras Primeiro Ministro.
A primeira medida que tomaste foi o aumento do IVA, recordas?
Dessa medida resultou a falência de milhares de PMEs e o desemprego de milhares de trabalhadores.
Milhares de pequenos empresários ficaram sem meio de vida, cheios de dívidas viram-se obrigados a entregar casas aos bancos e a pedir esmola.
Conheci vários que se mataram dentro das empresas em desespero porque como eram empresários nem direito tinham a um subsídio de desemprego.
O desemprego disparou para níveis nunca vistos neste país.
As IPSSs, a Cáritas e outras organizações de Solidariedade Social não tinham mãos a medir para atender pedidos de ajuda de famílias inteiras que sem apoios da Segurança Social estavam a passar fome e desesperadas sem conseguirem fazer face ás despesas básicas.
Milhares de famílias foram atiradas para a rua, despejadas das suas casas pela Banca, por senhorios e pelas Finanças através de penhoras por dívidas ao Estado, quando muitas dessas dívidas eram de valor inferior ao valor real das habitações.
Depois vieram os cortes nas pensões de reforma, no complemento solidário para idosos, nas pensões de viuvez, nos abonos de família e nas pensões não contributivas como por exemplo no RSI que cortaste a torto e a direito sem olhar a quem e sem apelo nem agravo.
Aumentaste o IMI, começaste a cobrar IUC sobre veículos independentemente de estarem ou não em circulação, chegando ao ponto de cobrares esse imposto a quem nem carro tinha ou sobre veículos já abatidos há anos.
Aumentaste impostos na gasolina, no gasóleo, no tabaco, nas bebidas alcoólicas, aumentaste as portagens e todos esses aumentos foram reflectir-se no aumento do custo de vida que como é óbvio foi mais sentido pelas classes sociais mais frágeis e carenciadas.
Criaste as taxas moderadoras e com essa medida muitos idosos deixaram de ir ao médico ou aos hospitais.
Fechaste Centros de Saúde, Maternidades e Hospitais e muitos idosos morreram por falta de assistência médica, mas também jovens e parturientes morreram por falta de cuidados médicos.
Doentes oncológicos viram as suas cirurgias adiadas e sem cuidados continuados.
Doentes crónicos ficaram sem médicos de família e sem comparticipação em medicamentos imprescindíveis ao tratamento das suas doenças.
Lembras-te dos doentes com Hepatite C a quem negaste um medicamento que podia salvar vidas e mesmo curar?
Deu até azo a manifestações populares na AR que a tua amiga Assunção Esteves reprimiu e mandou deter alguns doentes que se manifestavam indignados e com razão!
Não eram suicidas, mas tu querias bem lá no fundo que fossem para poupares algum. Fazia-te jeito para ficares bem visto perante a Troika e a tua amiga Merkel.
Fechaste escolas e fizeste dos professores e das suas vidas gato sapato, obrigando-os a andar em Bolandas sem saberem o que fazer e onde ir!
Mudaste Freguesias, alteraste comarcas, encerraste Tribunais e deste com os juízes e advogados em doidos com a porcaria do sistema Citius todo baralhado.
Esqueceste essa cena?
Eu lembro-te.
Dessa confusão resultaram prejuízos para empresas, para cidadãos e para todo o país que nunca mais se vai recuperar!
Pais que perderam a guarda dos filhos conheci 19, 5 mataram-se.
Fora os que não conheço e olha que não conheço muita gente.
Mães que se viram sem as pensões de alimentos por culpa da baralhada com o Citius foram milhares.
Uma era professora e o filho era deficiente.
Atirou-se da varanda de um hotel.
Mas também houve mães que envenenaram os filhos e a seguir mataram-se porque não tinham nem emprego nem apoios e nem ajuda de psicólogos.
Sabes Pedro, moro em Almada.
Fui obrigada a vir morar para aqui.
Não, não foi culpa tua.
As coisas neste país já não estão bem há muitos anos.
Realmente apanhaste o país num grande caos económico, mas mesmo assim se fosses honesto e um bom gestor terias evitado cortar onde mais doeu!
Os cortes atingiram os mais fracos e para recuperar um país começa-se por por ordem nas finanças públicas cobrando impostos aos que não pagam.
Mas para o fazeres, para cobrares aos que sempre fugiram aos impostos terias de começar por ti, não é assim?
E depois os teus amigos e financiadores não iriam gostar nada de terem de alargar os cordões à bolsa.
Mas como te dizia, vim viver para Almada há uns anos e sabes, aqui temos uma Ponte onde todos os dias durante o teu governo assistimos a muitos suicídios.
E também temos o Metro que não é subterrâneo, é como um eléctrico sabes?
Pois volta e meia para não dizer uma a duas vezes por semana, lá se tinha de chamar o INEM por causa de um velhote ou velhota que "escorregava" e caía à linha!
E quantos eu vi a chorar de vergonha por serem apanhados no supermercado a guardar uma lata de salsichas ou de atum na mala ou num bolso do casaco!!
E outros a saírem da farmácia sem aviar a receita porque a reforma tinha encolhido e os filhos tinham-se mudado lá para casa e estavam desempregados e sem subsídios de desemprego!
Sabes Pedro, sabes qual é o teu mal?
Teres tido um pai fantástico e uma mãe que tudo te desculpou.
Os anos de cabulice, as más notas no liceu, as noitadas na vadiagem, a vida boémia, as drogas, a pouca ou nenhuma vontade de estudar ou trabalhar e a falta de respeito por toda a gente.
Tu não tens noção da quantidade de vidas que deste cabo ao longo da tua vida, não só nos quatro anos em que te tivemos de aturar como Primeiro Ministro, mas desde que te conheci quando vivias na Rua República da Bolívia.
Tenho pena de não ter adivinhado naqueles anos naquilo em que tu te irias transformar!
A sério Pedro.
Naquele dia em que chamei a PSP de Benfica e evitei que a malta do Bairro do Charquinho te desse um arraial de porrada, se eu tivesse adivinhado no que te irias transformar, eu tinha fechado os olhos e fingido que te tinhas atirado da varanda do quinto andar.
Teria evitado tanta coisa, até ouvir as alarvidades que continuas a atirar pela boca fora.
Tantos anos depois e continuas a ser o mesmo chulo que conheci na nossa adolescência e juventude.
Olha Pedro, queres um conselho?
Reforma-te da política e mete uma rolha na boca ou um dia destes apareces suicidado nalguma esquina da vida.
É que nem todos os que te conhecem bem são tão pacíficos e compreensivos como eu e como a malta que te aparou as pancas lá em Benfica, tu sabes bem na casa de quem.
Espero que a Laura recupere depressa da maldita doença.
Ela não merece tanto sofrimento!
E se um dia nos voltarmos a cruzar nalguma rua de Lisboa vira o rosto, para que eu não me sinta tentada a sujar as minhas mãos na tua cara.
É que eu tentei duas vezes o suicídio por tua causa quando me vi atirada para a rua sem qualquer apoio e a lutar contra o cancro e sem ajuda psiquiátrica.
Não acertei na dosagem.
Não tinha de ser.
Quem sabe o que a vida me reserva?
Talvez me reserve a felicidade de te ver a ti Pedro e aos teus amiguinhos (tu sabes a quem me refiro) atrás das grades e a pagares pelos milhares de vidas dos que se suicidaram ou tentaram em desespero por vossa causa!

Assino o nick com que me conhecias: Nini Nilo

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Não tenho comentários…


Sabe quantos americanos pensam que o leite com chocolate vem de vacas castanhas?
48% dos norte-americanos não sabe de onde vem o leite com chocolate e 7% acredita mesmo que são as vacas castanhas que o dão, ou seja, 16 milhões de pessoas.
Sete por cento da população dos Estados Unidos acredita que o leite com chocolate vem de vacas castanhas, segundo um estudo do Innovation Center of U.S. Dairy. O número parece baixo, mas ganha outra dimensão quando se percebe que corresponde a 16,4 milhões de pessoas (ler mais...)

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Trump diz adeus a Paris.

Donald Trump confirmou ontem a saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris sobre as alterações climáticas, tornando-o num dos três países, a par da Síria e Nicarágua, que ficam fora do entendimento e distanciando-se dos seus aliados.

As grandes empresas americanas não ficaram também satisfeitas com o anúncio de Trump. Os líderes de 25 grandes empresas, num apelo de última hora, haviam endereçado uma carta ao presidente para que este mantivesse os EUA no acordo - entre eles estavam os CEO de gigantes como Apple, Google, Facebook, Microsoft e Unilever. Já o CEO da petrolífera ExxonMobil, Darren Woods, escreveu uma carta pessoal ao presidente dos EUA, na qual garantia que o país estava "bem posicionado para competir" com o estabelecido no acordo. (ler mais)

terça-feira, 23 de maio de 2017

Encontro/Convívio C.Caç.621 e Comando Sector 5 (Baucau-Timor)


Almoço/convívio dos ex. militares em Baucau/Timor nos anos de 1964/1966.
O “peso” dos anos e a falta de saúde limita estas presenças, mas continuaremos, com nossas famílias no próximo ano.
Um abraço para todos, incluindo os que não puderam estar presentes.

domingo, 21 de maio de 2017

Como eu “compreendo” a política…

Presidente dos EUA fala hoje de uma "visão pacífica" do islão num discurso diante de meia centena de líderes muçulmanos.
O dia ficou marcado pela assinatura de um acordo de venda de armas dos EUA à Arábia Saudita no valor de 110 mil milhões de dólares - que pode chegar a 350 mil milhões no prazo de dez anos. "Um investimento tremendo nos EUA e a nossa comunidade militar está muito feliz", disse o presidente. "Centenas de milhões de dólares de investimentos nos EUA e empregos, empregos, empregos. Por isso gostaria de agradecer ao povo da Arábia Saudita", acrescentou, falando de um dia "tremendo"(ler mais...)

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Vamos rir...

Um advogado conduzia distraído quando, num sinal de STOP, passa sem parar, em frente a uma viatura da GNR.
 GNR: – Ora muito boa tarde. Documentos e carta de condução, fáchavor…
 Advogado: – Mas por quê, Sr Guarda?
 GNR: – Não parou no sinal de STOP, ali atrás.
 Advogado: – Eu abrandei, e como não vinha ninguém…
 GNR: – Exactamente… Documentos e carta de condução, fáchavor…
 Advogado: – Você sabe qual é a diferença jurídica entre abrandar e parar?
 GNR: – A diferença é que a lei diz que num sinal de STOP, deve-se parar completamente. Documentos e carta de condução, fáchavor…
 Advogado: – Ou não, Sr Guarda. Eu sou advogado e sei das suas limitações na interpretação de texto de lei. Proponho-lhe o seguinte: Se você conseguir explicar-me a diferença legal entre abrandar e parar, eu mostro-lhe os documentos e você pode multar-me. Senão, vou-me embora sem multa.
 GNR: – Afirmativo, concordo… Pode fazer o favor de sair da viatura, Sr. Advogado?

O advogado desce e então a patrulha da GNR saca dos cacetes, e aquilo é porrada que até ferve, para cima do Advogado. Socos pra tudo quanto é lado, lambadas, biqueiradas nos dentes…

O advogado grita por socorro, e implora para pararem.
 E o GNR pergunta:
 – Quer que eu pare ou que abrande…!?
 Advogado: – PARE!… PARE!… PARE!…
 GNR: – Afirmativo, Documentos e carta de condução, fáchavor…

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Agora andam irritados...

A afronta de nos tomarem por parvos
(Opinião por: José Pacheco Pereira)

O secretário de Estado quer-nos convencer de algo muito mais grave: é de que não deu por ela que lhe faltavam os números do dinheiro que ia para os offshores.

O que sabemos sobre o dinheiro saído para os offshores durante a governação PSD-CDS?

Desde Passos Coelho, furioso e malcriado na Assembleia, até ao passa-culpas do anterior secretário de Estado dos Assuntos Fiscais Paulo Núncio, até ao silêncio da ex-ministra das Finanças que acha que não é nada com ela, todos estão a tomar-nos por parvos. Afinal, a culpa foi dos serviços que não fizeram a estatística devida, ou dos procedimentos informáticos, que, pelos vistos, foram modernizados só para um dos lados do escalão de rendimentos, mas que parecem funcionar muito mal no topo dos rendimentos, porque, tanto quanto eu saiba, não foram os funcionários públicos, nem os reformados, nem os empregados do comércio, nem os operários, nem os enfermeiros, nem os polícias, que colocaram o dinheiro em offshores. Aliás, já não é a primeira vez que estes tipos de implausibilidades acontecem nas finanças do Governo PSD-CDS, como foi o caso da “lista VIP”, já muito esquecido. (ler artigo complecto)

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Quando Deus fez o mundo...(humor)

Quando Deus fez o mundo, para que os homens prosperassem, decidiu conceder-lhes apenas duas virtudes.  Assim:
 - Aos Suíços fê-los estudiosos e respeitadores da lei
 - Aos Ingleses, organizados e pontuais
 - Aos Argentinos, chatos e arrogantes
 - Aos Japoneses, trabalhadores e disciplinados
 - Aos Italianos, alegres e românticos
 - Aos Franceses, cultos e com charme
 - Aos Portugueses, inteligentes, honestos e políticos
 O anjo, que secretariava as decisões de Deus, anotou…, mas logo de    seguida, cheio de humildade e medo, indagou:
 - Senhor, a todos os povos do mundo foram concedidas duas virtudes; porém, aos portugueses, o Senhor enunciou três! Isto não os fará soberbos em relação aos demais povos da Terra?
 - Muito bem observado, bom Anjo! Exclamou o Senhor... Isso é verdade!
 - Façamos então uma correcção! De agora em diante, os portugueses, povo do meu coração, manterão estas três virtudes, mas… nenhum deles poderá utilizar mais que duas simultaneamente – como os demais povos! Toma nota…
 Assim:
 - O que for político e honesto, não pode ser inteligente.
 - O que for político e inteligente, não pode ser honesto.
 - E o que for inteligente e honesto, não pode ser político!

“Palavra do Senhor”